Entenda a importância de brinquedos educativos para o desenvolvimento da criança

Entenda a importância de brinquedos educativos para o desenvolvimento da criança
O aprendizado acontece durante toda a vida, mas a primeira infância é um período essencial para o desenvolvimento do ser humano. Por isso, nessa fase, é necessário receber estímulos como os proporcionados pelos brinquedos educativos. Apesar de estarmos em um mundo cada vez mais tecnológico, eles continuam sendo primordiais para ajudar as crianças a trabalhar habilidades como coordenação motora, raciocínio e identificação de formas, cores e sons. Por esses e outros motivos, devem ser oferecidos para os pequenos. Preparamos este artigo para explicar por que esse tipo de brinquedo é importante para o desenvolvimento de uma criança, se eles são mais benéficos do que os aparelhos eletrônicos, de que maneiras favorecem a interação de pais e filhos, entre outras informações importantes. Continue a leitura para conferir!

Sobre os brinquedos educativos

Quando vemos uma criança brincando, a impressão que se tem é de que ela está somente entretida e se divertindo, mas, na verdade, essa ação é muito mais complexa: a brincadeira também é importante no universo infantil porque é por meio dela que os pequenos aprendem. Perceba que, quando uma criança brinca muitas vezes, ela imita aquilo que vê ao seu redor. Faz de conta que é um super-herói, que está dirigindo, viajando pelo espaço, cuidando de um bebê, fazendo comida, entre muitas outras. É assim que explora o mundo ao seu redor, tem uma percepção dos objetos, das pessoas e também de si mesma. Justamente por isso é fundamental que os pais tenham atenção aos estímulos oferecidos durante a primeira infância. As crianças precisam de oportunidades para trabalhar essas habilidades, que serão importantes durante a sua vida. É aqui que se encaixam os brinquedos educativos. São classificados assim aqueles que permitem à criança explorar possibilidades sem muitas regras, com um pouco mais de liberdade. Ela exercita a criatividade e imaginação por meio deles. Existem diversos tipos de brinquedos educativos, como os jogos de quebra-cabeça, blocos de encaixe, instrumentos musicais, chocalhos, entre outros, que fazem a criança pensar, exigem coordenação motora e apresentam diferentes formas, cores e sons.

A diferença entre brinquedos educativos e pedagógicos

Os brinquedos educativos diferem dos pedagógicos porque os últimos têm regras claras, precisam de orientações e são excelentes para sala de aula, uma vez que educam de uma forma diferente. Esse é o caso dos dominós, jogos com números e letras, xadrez, dama, jogo da memória e outros. Todos são fundamentais, mas na primeira infância o pequeno está começando a explorar o mundo, desenvolvendo habilidades básicas. Para isso, precisa dos brinquedos educativos como suporte para essa descoberta do todo e de si mesmo.

Importância dos brinquedos educativos na primeira infância

Como dissemos, é na primeira infância que a criança desenvolve habilidades necessárias para toda vida. Elas possibilitam a aquisição de saberes que, por sua vez, facilitam o aprendizado e viabilizam a interação social. Todas estão em dormência, digamos assim, por isso é preciso que a criança receba os estímulos corretos a fim de despertá-las. Com os brinquedos educativos fica mais fácil oferecer as experiências ideais para que isso aconteça. Eles proporcionam pequenos desafios, e a busca por uma solução exercita a imaginação, a criatividade e o raciocínio. São criadas conexões no cérebro, fundamentais para resolver problemas cada vez mais complexos. Enquanto a criança brinca de encaixar, criar figuras, decifrar cores e interpretar sons, além de se divertir, ela exercita sua mente, trabalhando o pensamento lógico. Ele possibilitará resolver os desafios com mais abstração. É válido lembrar que o desenvolvimento infantil acontece em etapas, então, cada fase é importante para despertar um tipo de habilidade. É justamente na primeira infância que determinadas competências são adquiridas, que servirão como base para habilidades mais complexas. Os brinquedos educativos não são desenvolvidos aleatoriamente. Eles têm uma indicação de faixa etária porque promovem um estímulo ideal para crianças de determinada idade. Assim, propiciam as experiências ideais para diferentes aprendizados, como veremos.

Cognição

Os brinquedos educativos trabalham a cognição, ou seja, permitem que a criança descubra como as coisas funcionam, como se influenciam, de que maneira o corpo trabalha e como ela pode utilizá-lo para explorar o mundo.

Sistema sensorial

Também estimulam os órgãos responsáveis pelo sistema sensorial da criança. Esse é o caso de identificar os sons, sentir a diferença entre quente e frio, da textura dos objetos e até mesmo alimentos, além do modo como utiliza o corpo para cumprir ações.

Coordenação motora

As habilidades motoras também são desenvolvidas pelos brinquedos educativos, uma vez que a criança precisa dominar seus movimentos para utilizar esses objetos. É o que acontece ao encaixar blocos e peças, por exemplo.

Brinquedos tradicionais x aparelhos eletrônicos

O fato de o mundo estar se tornando cada vez mais tecnológico também influencia o universo infantil. Hoje, as crianças nascem com uma grande habilidade para operar aparelhos eletrônicos, como celulares, tablets e computadores. Diante dessa realidade, seria mais interessante oferecer esse tipo de recurso ou brinquedos tradicionais? De fato, a tecnologia é fundamental, pois as novas gerações lidam com ela em diversas atividades do dia a dia, mas isso não anula a importância dos brinquedos educativos. Eles são oferecidos na primeira infância, fase em que se inicia o desenvolvimento de habilidades e competências. O aprendizado adquirido nessa faixa etária auxiliará na utilização dos recursos tecnológicos, para explorá-los da melhor maneira possível. Também não podemos nos esquecer de que, como dito, o desenvolvimento acontece em fases, portanto, não é saudável que a criança tenha contato somente com a tecnologia, uma vez que ela não propiciará as experiências que os brinquedos educativos oferecem. Embora os pequenos precisem da educação digital, ela deve acontecer no momento certo: em seguida dos brinquedos educativos. Dependendo da faixa etária, ainda que se esteja explorando a tecnologia, é importante continuar oferecendo brinquedos, a fim de assegurar um desenvolvimento completo. Os aparelhos eletrônicos despertam habilidades mentais, mas os brinquedos mais interativos, manuseados de uma maneira diferente, permitem que a criança tenha a oportunidade de tocar e aprender na prática. Eles são mais vantajosos para o sistema sensorial e a coordenação motora e grandes aliados do raciocínio lógico, da criatividade e da imaginação.

A interação entre pais e filhos

Sabe qual é a outra grande vantagem dos brinquedos educativos? Eles ajudam a promover a interação de pais e filhos, oportunidade que nem sempre conseguimos com os aparelhos eletrônicos, pois seu foco é a utilização individual. Essa interação é muito importante porque os adultos têm um papel essencial no desenvolvimento da criança. Além de serem um exemplo, os pais têm, durante o momento de brincadeira, a oportunidade de estimular o aprendizado, guiar as ações e educar a criança. Tudo isso é feito de uma forma muito lúdica, o que é mais interessante e agradável para os pequenos. Nesse momento, os pais podem perceber as dificuldades da criança e passar lições de uma maneira terna e carinhosa. Esse contato é essencial para fortalecer os laços familiares e para que a criança tenha mais confiança em seus pais. A relação se torna próxima, e, quando o pequeno chegar à adolescência, isso será fundamental para transmitir novos valores.

O mercado de brinquedos e a era digital

Não é raro vermos crianças ainda muito pequenas com o celular na mão, não é verdade? Isso faz pensar como está o mercado de brinquedos educativos, já que a era digital parece migrar a infância para outro caminho. Embora pareça realmente que a tecnologia colocou os brinquedos de lado, isso não é verdade. Continua havendo uma grande procura por eles, pois os recursos tecnológicos não proporcionam as mesmas experiências. Além disso, a criança não pode ficar limitada ao universo digital, porque isso não é saudável para seu corpo e sua mente. É fundamental que haja um limite para utilizar a tecnologia, a fim de que ela seja realmente positiva. No entanto, isso é apenas para crianças um pouco mais velhas. O ideal é que, em idades muito tenras, os pequenos não tenham acesso livre aos recursos tecnológicos, uma vez que a quantidade de informação para eles é muito grande. Como seu cérebro ainda está em desenvolvimento, bem como suas habilidades, tudo isso precisa acontecer de uma maneira natural. Portanto, eles devem vivenciar experiências e superar desafios, o que acontece quando têm contato com brinquedos educativos. Justamente por serem fundamentais para o amadurecimento dos pequenos é que o mercado continua muito aquecido, sempre com lançamentos e opções diversificadas para que habilidades específicas sejam trabalhadas.

Qualidade e segurança dos brinquedos

O fato de a procura por brinquedos educativos continuar intensa fez com que surgissem diversas marcas nesse nicho. Embora isso pareça bom, os pais precisam ficar atentos a dois fatores essenciais: qualidade e segurança. Antes de adquirir um brinquedo, é fundamental que você observe se ele tem os certificados de qualidade que atestam a segurança do brinquedo para a criança, como não ter partes que se soltam. Sem falar do material, algo de extrema importância. Não podem ser utilizados produtos tóxicos, as tintas precisam ser adequadas e não devem conter componentes que possam causar algum tipo de acidente. Então, o ideal é optar por boas marcas e observar a indicação de faixa etária. Cada brinquedo tem uma recomendação diferente, então, veja para qual idade ele é mais indicado e procure respeitar essa instrução do fabricante, a fim de garantir um bom desenvolvimento para o seu filho e o aproveitamento do brinquedo com segurança. Mesmo com tanta tecnologia, os brinquedos educativos continuam sendo fundamentais para o desenvolvimento na primeira infância. Eles despertam habilidades que permitem à criança explorar o mundo e seu próprio potencial. Mas não se esqueça de respeitar a indicação de faixa etária e optar por boas marcas para garantir a segurança do pequeno. Gostou do artigo? Compartilhe em suas redes sociais para que seus amigos também entendam que brincar ainda precisa ser com brinquedo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *