Saiba a importância da coordenação motora na infância

Saiba a importância da coordenação motora na infância

A capacidade que o corpo humano tem de realizar movimentos se chama coordenação motora. A criança desde muito cedo, ainda que involuntariamente, é estimulada a começar a desenvolvê-la em ações simples, como levantar as pernas ou esticar os braços para buscar um brinquedo.

Conforme ela vai crescendo, os movimentos feitos vão ficando cada vez mais conscientes (engatinhar, se sentar, andar, etc.) e, ao chegar à creche/pré-escola, há um planejamento ainda mais efetivo de atividades de coordenação motora que possam expandir as habilidades adquiridas de maneira mais intuitiva.

Portanto quer conhecer melhor o assunto e saber quais os tipos de coordenação motora? Siga lendo este post!

Tipos de coordenação motora

Boa parte da literatura da área divide a coordenação motora em dois grandes grupos:

  • Coordenação motora grossa
  • Coordenação motora fina

Conheça a seguir os dois tipos com mais detalhes.

Coordenação motora grossa

A palavra grossa está ligada a habilidades que não requerem tanta destreza ou delicadeza como, por exemplo, o ato de pular, correr ou chutar. Essas ações são realizadas por grandes grupos de músculos não apenas nos membros superiores e inferiores, mas também do abdome.

Ela é essencial para o equilíbrio do corpo e as atividades para educação infantil planejadas pela escola devem buscar desenvolvê-la, além disso em especial nas aulas de Educação Física.

Coordenação motora fina

A coordenação motora fina, por outro lado, está ligada a músculos bem menores que precisam ser exercitados para que seja possível a realização de movimentos mais precisos, como os das mãos e dos olhos. Eles são aperfeiçoados ao longo de toda a vida, especialmente na infância.

Algumas das ações que, para serem feitas, requerem treinamento desses músculos são:

  • Escrever
  • Abotoar camisas
  • Amarrar os tênis
  • Desenhar
  • Apertar teclas
  • Comer
  • Colorir
  • Cortar papel com uma tesoura
  • Brincar
  • E muito mais

No entanto quando chegam à escola, certamente muitas atividades planejadas para crianças buscam prepará-las para aprenderem a escrever. Portanto, quando os professores orientam os pequenos para que pintem um desenho, por exemplo, estão incentivando os meninos e meninas para que aprendam a usar o lápis e comecem a perceber os limites de uma folha de papel, conhecimentos essenciais para, mais tarde, terem sucesso na escrita.

Além das coordenações motoras fina e grossa, há também a visomotora, muito trabalhada em ambientes escolares. Saiba mais sobre ela a seguir.

Coordenação visomotora

Esta coordenação trabalha a sincronia entre dois movimentos: o dos olhos e do corpo, tanto os mais específicos quanto outros, mais gerais.

Além disso um exemplo simples são as atividades de ligar, muito comuns nos primeiros anos do ensino fundamental. Elas requerem coordenação visomotora porque, ao mesmo tempo em que o pequeno precisa fazer uma linha para conectar dois pontos, ele necessita seguir estes mesmos pontos com olhos para assegurar que a linha tenha a trajetória correta.

Como se pode perceber, a coordenação motora é muito importante para o desenvolvimento infantil. Portanto uma das formas mais lúdicas de desenvolvê-la é por meio de brinquedos educativos como os alinhavos, torre inteligente, o tangran e muitos outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *